Princípios que norteiam nossa prática pedagógica

  • Home
  • Princípios que norteiam nossa prática pedagógica

Princípios que norteiam nossa prática pedagógica

  - APRENDER É DAR NOVOS SIGNIFICADOS

A aprendizagem ou construção do conhecimento é a apropriação por parte da criança do objeto a ser conhecido. Em outras palavras, ao conhecer, ela ressignifica as informações adquiridas, tornando-as um novo conhecimento e, consequentemente, modifica-se também.

-  SER ESTUDANTE É UM PROCESSO PERMANENTE

A aprendizagem constrói-se na relação com o outro, a partir das necessidades e situações do dia a dia, tendo, portanto, um caráter aberto. Está sempre em processo de formação e transformação, ou seja, tem existência histórica, daí a importância de cultivar na criança uma postura de estudante que permaneça ao longo de sua vida.

-  O CONHECIMENTO HUMANO É INSTRUMENTO DE AÇÕES MODIFICADORAS

O currículo deve constituir-se de competências, habilidades e conteúdos que sejam instrumentos para que as crianças desenvolvam capacidades que lhes permitam produzir e usufruir dos bens culturais, sociais, tecnológicos e econômicos. Portanto, precisam conter, além de fatos e conceitos, procedimentos, valores, normas e atitudes.

-  A APRENDIZAGEM É COLETIVA, DINÂMICA E REFLEXIVA

Os  planos de curso da escola admitem a possibilidade de conhecimentos diversos, propiciam a utilização de vários procedimentos (como seminários, pesquisa, observação, leitura, registros, experiências etc), permitindo a apropriação do conhecimento de forma dinâmica e fundamentada, por meio da interação com o grupo.

-  A ESCOLA DESENVOLVE COMPETÊNCIAS PARA A SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA

A sociedade contemporânea caracteriza-se pelo volume, diversidade e velocidade de informações que circulam. Portanto, a escola deve instrumentalizar as crianças com competências como criticidade, flexibilidade, criatividade, liderança e cooperação que lhes permitam fazer uso do conhecimento que constroem.

-  O CONHECIMENTO É INTERDISCIPLINAR

As áreas que compõem o currículo são separadas apenas para efeito didático, estando permanentemente coligadas num dinâmico processo.

-   A DISCIPLINA POSSIBILITA A CONSTRUÇÃO DA AUTONOMIA        

 A disciplina é trabalhada para a formação de cidadãos capazes de gerir a si próprios, participando do contexto social e político em que estão inseridos, construindo valores éticos e promovendo o bem- estar social.

-   O PROFESSOR É O MEDIADOR DA APRENDIZAGEM

 O professor desenvolve uma postura de escuta do grupo, buscando compreender o que emerge na interação das crianças com o objeto de conhecimento para poder introduzir novos elementos e procedimentos que lhes permitam ir além do que já sabem.

-  A AVALIAÇÃO É PARTE DO PROCESSO DE APRENDIZAGEM

  A avaliação faz parte do processo de aprendizagem e ocorre no dia a dia da escola. Permite ao professor e à criança compreenderem como estão sendo elaborados os conteúdos estudados e, a partir daí, planejar e redirecionar intervenções para facilitar a construção do conhecimento.

-  A ESCOLA É UM ESPAÇO DEMOCRÁTICO

A dinâmica de relações entre alunos, pais, professores e funcionários baseia-se em princípios democráticos, ressaltando-se direitos e deveres, possibilidades de expressão, respeito e senso de responsabilidade.


Contato
© 2017 Todos os direitos reservados.